Saturday, February 18, 2017

Passatempos 1000 likes!

Olá queridos leitores! 

Já devem ter reparado que andam a decorrer uns passatempos fantásticos no Facebook do blogue! Estejam bem atentos porque ainda muitos vão surgir lá na página.


Tem sido uma aventura fantástica poder escrever no blogue, conhecer tanta gente querida e simpática e ainda poder conversar e criar amizade com as pessoas que representam algumas das melhores editoras do país. Muito obrigada a todos, espero que continuem connosco até ao fim e não se esqueçam de dar as vossas sugestões e concelhos. Estes passatempos são para vos agradecer!

Vou colocar aqui em baixo todos os passatempos que estão a decorrer no momento:




Com o apoio da Penguin Random House Grupo editorial:




Passatempo em parceria com Marcador:




Passatempo em parceria com Chiado Editora.

Friday, February 17, 2017

Pré-lançamento | Nuvem de Tinta


Olá queridos leitores!

Olhem só esta coisa mais fofa! 

Quem quer ler este livro?


Sinopse:

Libby, outrora a rapariga mais gorda da América, conseguiu finalmente ultrapassar o desgosto causado pela morte da mãe e está pronta para voltar a viver. 
Jack é o típico rapaz popular do liceu, no entanto tem prosopagnosia e não consegue reconhecer caras. 
Quando o destino os une a solidão que cada um sente dá lugar a sentimentos muito diferentes… Uma história de superação e de um amor verdadeiro e invulgar que nos devolve a esperança no mundo, em nós e no outro.


English books for beginners

Olá queridos leitores!!

Esta é a lista de livros que recomendo para quem quer começar a ler em Inglês. São muito simples e divertidos de ler e foi com estes livros que aprendi e aprofundei os meus conhecimentos nesta língua.

Dêem uma vista de olhos e digam-me o que acham.



"Shiver" Maggie Stiefvater.

Não posso dizer que me lembro com muita clareza desta história, mas sei que insisti para que a minha mãe mo comprasse na Amazon, e assim começou o meu vício por leituras em inglês! Nada melhor que um livro pequeno e com uma história que nos cative. Andava numa fase de fantasia e esta foi a melhor opção. Não posso dizer que tenha sido o melhor livro de sempre mas li-o até ao fim e por vezes aproveitava o tempo que estava sozinha em casa para o ler em voz alta. Ajudou-me imenso :)




"Twilight" The graphic novel

Este talvez seja para os mais preguiçosos. Para mim não foi por ser preguiçosa que lhe peguei, foi mesmo a arte do livro. Nunca vi desenhos que gostasse tanto numa BD como os deste livro. Fiz muitos desenhos à custa desta obra e, ainda hoje, pego nele muitas vezes. É também perfeito para quem está a aprender inglês porque tem os desenhos para orientar  a leitura e a escrita é muito simples!





"The invention of Hugo Cabret"

Todo este livro é perfeito! Desde a capa, aos desenhos, à escrita. Simplesmente maravilhoso e recomendo vivamente que o leiam.






"Room" 

Achei este livro bastante fácil de ler em inglês. A história é contada na perspetiva de um rapaz de 5 anos e apesar de retratar uma realidade bem dura, é uma leitura incrível e bastante acessível.

Thursday, February 16, 2017

Book Unhaul

Olá queridos leitores!

Estou a organizar as minhas estantes e vou aproveitando para desocupar algum espaço. 
Estes livros que vos mostro, são exemplares que recebi em passatempos, que comprei em lojas de artigos usados ou livros que já tenho há muito tempo e ainda não os li. Alguns estão novinhos em folha. 

Se alguém estiver interessado em fazer uma troca ou comprar algum exemplar, entre em contacto comigo :). 
Podes mandar-me um e-mail: maggiebooksblog@gmail.com

















Na caixa de correio | New books


Olá queridos leitores!

Estas foram as minhas últimas aquisições! :) 




About the book:

All she needs is one night to be anyone she wants.

Julie is desperate for a change. So she heads to New Orleans with her youth group to rebuild houses and pretend her life isn’t a total mess. But between her super-clingy team leader and her way-too-chipper companions, Julie feels more trapped than ever.

In a moment of daring, she ditches her work clothes for DIY fairy wings and heads straight into the heart of Mid-Summer Mardi Gras, where she locks eyes with Miles, an utterly irresistible guy with a complicated story of his own. And for once, Julie isn’t looking back. She jumps at the chance to see the real New Orleans, and in one surreal night, they dance under the stars, share their most shameful secrets, and fall in love.

But their adventure takes an unexpected turn when an oncoming hurricane changes course. As the storm gains power and Julie is pulled back into chaos she finds pretending everything is fine is no longer an option.





"Autoridade" de Jeff Vandermeer:

Após 30 anos, os únicos traços humanos detetados na Área X - uma estranha zona contaminada cercada de uma fronteira invisível e sem traços de civilização - são os que foram deixados por expedições sucessivas sob autoridade de uma agência tão secreta que quase foi esquecida. Face à tumultuosa 12.ª expedição narrada em Aniquilação, a agência tem um novo diretor nomeado, John Rodrigues, também conhecido por Control. 

A braços com uma equipa desesperada e frustrada por uma série de incidentes e vídeos perturbantes, Control começa a desvendar lentamente os segredos da Área X e dos mistérios narrados no primeiro volume, mas a cada descoberta que faz, é forçado a confrontar verdades sobre ele próprio e a agência que jurou servir.






"Developing Minds" by Jonathan LaPoma

Developing Minds: An American Ghost Story follows a group of recent college graduates who struggle with feelings of alienation and their addictions as they try to survive a year of teaching at two dysfunctional Miami public schools.

A poetic and insightful coming-of-age novel, Developing Minds is centered on 24-year-old Luke Entelechy, an aspiring writer who sees his creative output suffer when he begins teaching at one of Miami’s most challenging middle schools. As the year progresses, however, Luke begins to relate to the neglect and abuse his students suffer, and is faced with a “haunting” decision: continue to let his dark past destroy him, or rise above the struggle to realize his potential as an artist and a "real" human being.

Equal parts disturbing and humorous, Developing Minds offers a brutally honest look at the American public school system and the extreme measures many teachers take to cope with working in it.

Novidades | Marcador


Olá queridos leitores!

A Marcador lançou livros novos!
Algum do vosso interesse?
Sinopse:

 Em 1965, cinco amigos, todos adolescentes, cansados da rotina e temerosos de uma vida previsível, fogem de Glasgow com destino a Londres e o sonho de serem estrelas e de transformar a sua banda de música num sucesso. No entanto, antes do final do primeiro ano, três deles regressam a` sua cidade natal na Escócia - e voltam diferentes, danificados, sem que ninguém perceba a razão para tal. Cinquenta anos mais tarde, em 2015, um brutal homicídio na capital inglesa obriga esses três homens, agora com quase 70 anos, a regressar a Londres e a confrontar, por fim, a mancha escura do seu passado da qual tentaram fugir durante toda a vida.



Sinopse:

Uma mãe e um filho raptados de forma selvagem numa montanha cercada pela neve. Um soldado leal, torturado e executado num lugar remoto da Escócia. Um avião perdido, finalmente descoberto no coração da selva amazónica, que esconde um segredo perigoso que poderá libertar o mal na Terra. Uma corrida desesperada para vencer uma conspiração assustadora nascida nos dias mais negros da Alemanha nazi.

E há algo que une tudo isto. Só um homem pode desvendar o segredo. Will Jaeger. O Caçador. 

Wednesday, February 15, 2017

Novidade | Saída de Emergência


Olá queridos leitores!!

Estou ansiosa para que este livro saia à venda! Estou a pensar em experimentar umas receitas e colocar os resultados aqui no blogue. O que acham? 




Uma novidade:



Passatempo "Clube de Sangue"


Olá queridos leitores!

O dia dos namorados já passou mas ainda estamos a tempo de celebrar o dia de S. Valentim com um novo passatempo :)







Divulgação | Tertúlia «Violência no recreio»



Olá queridos leitores!

Apareçam nesta tertúlia que se vai focar no bullying, na sua prevenção, identificação e resolução.



Monday, February 13, 2017

Opinião "13 anos para sempre, Marion de Nora Fraisse


Olá queridos leitores!

Hoje apresento-vos esta análise ao livro: "13 anos para sempre, Marion".



Sinopse:

No dia 13 de fevereiro de 2013, aos 13 anos, Marion suicidou-se. A mãe encontrou-a enforcada no seu quarto. Simbolicamente, tinha "enforcado" o telemóvel junto de si. A mãe de Marion escreve este livro, em sofrimento e perplexidade, como um tributo à filha, mas também como um alerta para os perigos do bullying e das pressões das redes sociais nos jovens. Um livro comovente e alarmante, que nos faz pensar num dos maiores perigos da nossa sociedade relativamente aos mais jovens.

Opinião:

Creio que este livro deveria ser lido por toda a gente. 
Faz-me pensar que existe uma falta de apoio e compreensão perante agressões físicas e psicológicas cometidas em escolas de todo o mundo.

Eu, pessoalmente, nunca agredi ninguém mas revejo-me nesta narrativa. Há determinadas situações pelas quais Marion passou e que muitas pessoas, nos seus anos escolares, também devem ter passado e presenciado. 
Toda a gente já deve ter sido tratada com modos um pouco mais ríspidos, entre os 13 e ou 16 anos. Segundo a mãe de Marion, estas são as idades mais vulneráveis, e concordando com ela, penso que estas agressões deveriam ser controladas e prevenidas.

Nora Fraisse tem dificuldade em entender o porquê da carta de Marion não mencionar a família nem o porquê de não lhe ter contado o que se passava na escola. Este tipo de situações acontece exatamente por isso, pela simples razão de certas entidades escolares ignorarem o que se passa mesmo em frente dos seus olhos e porque Marion, tal como muitas outras crianças, não foi capaz de contar à sua família o que se passava no ambiente escolar. 
Não estou a dizer que todas as pessoas que trabalham com os estudantes ignoram estes factos, claro que não! Tive pessoas espectaculares que cuidaram de mim quando era criança, mas conheço pessoas que já foram vítimas de maus tratos e que afirmam que ninguém impedia estas acções. 

Algo que é referido no livro e que tenho, novamente, de concordar com Nora, é o facto de algumas séries televisivas, como Skins e American Pie, reforçarem a ideia de que  quem trabalha arduamente na escola e quem é "diferente" dos outros, não é "fixe". Lembro-me de ter aproximadamente a idade de Marion e de alguns dos meus colegas verem American Pie ou Skins ao ponto de imitarem as ações dos atores em cena. Ora, nada do que aquela gente faz está correto! É errado e é degradante, mas mesmo assim, é algo que influência estudantes de todo o mundo. A vida que este tipo de séries retrata, não é real. 

Os miúdos tem gosto em "fazer pouco" de pessoas que são diferentes, que são mais gordinhas, que usam óculos, que têm poucos amigos no facebook ou que têm poucos seguidores no Instagram. Nada disto devia definir uma pessoa como alguém pouco "cool". 

Escrevi um texto muito maior que este, mas acho que percebem o quanto há para falar sobre este assunto. Escrevi-o com alguma revolta e perplexidade, pois gostava que situações como estas fossem eliminadas da nossa sociedade. 

Recomendo este livro a todos!

A minha classificação: